simposium.png Boas-vindas

Medidas de contingência para a redução dos impactos ambientais e sanitários dos incêndios

20 de outubro - 2017

Medidas de contingência para a redução dos impactos ambientais e sanitários dos incêndios
Na sequência da gravidade dos incêndios decorridos no passado fim-de-semana, a Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) decidiu aplicar medidas excecionais de contingência de modo a reduzir os impactos ambientais e sanitários da situação.

Os incêndios florestais de grandes proporções provocaram um número elevado de animais mortos e feridos, pelo que a DGAV emitiu um Aviso que fornece indicações relativas aos cuidados médico-veterinários para minorar o sofrimento dos animais e às regras de enterramento de cadáveres.
“As DSAVRS através dos serviços das DAV e Núcleos, nas respetivas áreas de jurisdição, em estreita articulação com os serviços veterinários das OPP, os Médicos Veterinários Municipais e eventuais ONG locais, devem proceder a um levantamento adequado das situações mais críticas e que careçam de apoio externo (enterramento onde essa operação seja possível, recurso aos serviços SIRCA, gestão da informação sobre carências alimentares prementes para os efetivos pecuários) ”, recomenda a DGAV.
Poderá consultar o Aviso da DGAV através do link:Link
Fonte: Direção-Geral de Alimentação e Veterinária. Foto: https://cdn-images.rtp.pt/ e http://www.dgv.min-agricultura.pt/