simposium.png Boas-vindas

Cães compreendem entoação e Vocabulário Humano

30 de agosto - 2016

Cães compreendem entoação e Vocabulário Humano
De acordo com um estudo realizado na Universidade Eötvös Loránd, em Budapeste, Hungria, os cães, ao ouvir os humanos falar, conseguem compreender a entoação, bem como percebem as palavras utilizadas.

Science afirma que, à semelhança das pessoas, os cães usam o hemisfério esquerdo do cérebro para processar palavras, e a parte direita para descodificar a entoação. “O cérebro humano, para além de analisar separadamente o que dizemos e como dizemos, relaciona os dois tipos de informação para chegar a um resultado unificado. A nossa descoberta sugere que os cães também conseguem fazer isso, utilizando mecanismo cerebrais bastante semelhantes”, afirmou o autor do estudo, Attila Andics, da Universidade Eötvös Loránd, em Budapeste, Hungria.
Segundo Andics, quando em ambiente rico em palavras, como aquele em que vivem os cães em nossas casas, a representação das palavras acontece no cérebro destes animais, mesmo que depois não sejam capazes de falar.
A etologista Márta Gácsi, também autora do estudo, analisou os cães através de ressonância magnética funcional, medindo a actividade cerebral dos animais enquanto ouviam os donos falar, dizendo variadas palavras e com diversas entoações. Os donos tinham sido previamente instruídos a dar elogios aos animais, ora com um tom de entusiasmo ora com um tom neutro. As reações demonstram que os cães activaram uma área do hemisfério direito do cérebro para diferenciar a entoação da aprovação e reprovação. Esta região é a mesma usada pelos cães para processar sons ligados à emoção, provenientes tanto da fala humana como de outros cães. Também o centro de recompensas – a área do cérebro que responde aos estímulos ligados ao prazer – era ativada pelas palavras de aprovação dos donos.
“Isso mostra que, para os cães, uma boa palavra de aprovação pode funcionar como uma recompensa. Mas funciona melhor se a palavra também for dita com uma entoação de aprovação. Os cães não processam apenas o que dizemos e como dizemos, eles entendem o que estamos a dizer.”
Para os autores, o estudo é um importante dado na descoberta de como os cães interpretam o discurso humano e um primeiro passo para tornar a comunicação entre cães e humanos mais eficiente.
Fonte: Green Savers; Foto: bio-orbis.blogspot.pt